Técnicas Artesanais

Não é fácil ser artesão na Índia. A maioria dos artesãos indianos mora nas zonas rurais, onde há pouco acesso a infraestrutura e novos mercados. Estima-se que existam até 200 milhões de artesãos no país. Eles frequentemente possuem baixo grau de escolaridade e sofrem com falta de créditoe pouca infraestrutura. Confira o vídeo que fizemos para uma campanha, em 2016, sobre a condição dos artesãos na Índia:

 

 

Nossas coleções são inspiradas na Índia, e criadas por uma designer brasileira. Criatividade brasileira com produtos indianos, melhor que brigadeiro com pimenta ;)

Escolhemos pessoalmente os nossos artesãos a dedo. Almejamos valorizar cada vez mais seus saberes tradicionais, então buscamos estampas e bordados com os próprios artesãos e não intermediários que os exploram.  Produzimos diretamente com eles, proporcionando renda justa e os ajudando a crescer seus negócios através de treinamento e desenvolvimento social.

Atualmente trabalhamos com cerca de 5 famílias de artesãos em 2 estados na Índia, impactando mais de 40 pessoas.

Confira mais sobre as regiões e artesãos que trabalham com a Happee:

BHUJ

Escondida perto da fronteira Índia-Paquistão fica uma pequena aldeia isolada chamada Bhuj, cercada por quilômetros de areia, arbustos, tribos nômades e rebanhos de vacas, cabras e búfalos. É praticamente o último lugar que você imaginaria encontrar uma população com um vasto conhecimento de estamparia e bordados à mão de diferentes padrões, cores e materiais.

Mas depois de 20 horas viajando de avião, mais 20 horas de trem e 1 hora de tuk tuk, de repente lá está ela. Vale a pena cada minuto e cada centavo, um lugar com artesãos genuinamente honestos, de bom coração, extremamente talentosos - o lugar com cativou nossos corações para sempre. Nossos produtos são feitos por algumas dessas pessoas talentosas, e cada produto conta uma história. Nessa região, nós desenvolvemos:

Bordado

 Chetan é um mestre artesão da região de Bhuj. Ele e sua família vieram do Paquistão e desenvolvem bordados para nossas roupas e acessórios. Hoje, ele e Durga, sua esposa, lideram uma equipe de artesãs bordadeiras da região.

Confira nossa entrevista com ele aqui (com legendas disponíveis em português).

 

Couro artesanal

banner anchal

Anchal e sua família trabalham com couro artesanal há gerações. Um doce artesão de sorriso doce, simplicidade admirável e talento impressionante.

O couro natural é tinto manualmente, com pincéis, peça a peça. Após a tintura, fazem esse lindo bordado com fios metalizados.  Desenvolvemos bolsas, carteiras e rasteirinhas com ele e sua família todo verão.

 

Tie Dye

Salman e juned

Salman e Juned são dois irmãos que trabalham com tie dye. Eles aprenderam essa linda arte com seu pai, um premiado artesão. Pai e filhos moram juntos na mesma casa. Salman e Juned possuem duas filhas cada. Toda vez que os visitamos, as linas garotinhas brincam no quintal e disputam a atenção dos papais enquanto trabalhamos. É a coisa mais adorável do mundo!

O tie dye é tão antigo quanto a própria história,  uma arte onde partes de tecido são amarradas ou cobertas (de modo a protegê-las dos pigmentos) e então tintas, criando lindas estampas. Clãs específicos na Índia tem aperfeiçoado essa técnica há milênios.

 

SANGANER

Esta região localizada ao sul de Jaipur é rica pelas técnicas de estamparia feitas com bloco de madeira e papel artesanal. Um verdadeiro tesouro no meio da Índia! Nesta região, desenvolvemos:

 

Blockprint

técnica indiana de blockprint

Uma das mais belas formas de arte usável feita na Índia, a estamparia com blocos primeiro requer que um artesão esculpa estampas em blocos de madeira. Para cada cor é feito um bloco diferente. Então, um mestre em estamparia usa os blocos para criar lindas e detalhadas estampas nos mais diversos tecidos e cores. 

 

PAPEL ARTESANAL

happee tag
Nossas novas TAGs são feitas em papel artesanal. Este papel é feito com algodão, sobras de tecido e sementes de manjericão. Um processo feito pelo Vijendra e sua família. Zero resíduo e sustentáveis, as tags podem ser plantadas para virar um lindo pézinho de manjericão.