Tipos de calçados femininos: listamos as melhores opções para você

09 Outubro, 2018

Tipos de calçados femininos: listamos as melhores opções para você

Já faz tempo que os sapatos deixaram de ser um item exclusivo para proteger os nossos pés. Hoje em dia, é raro encontrar uma mulher que não seja apaixonada pelos inúmeros tipos de calçados femininos disponíveis no mercado.

Com esses acessórios, é possível adicionar um toque de personalidade ao look para o ambiente de trabalho, para festas de gala ou mesmo eventos casuais — como aquele cineminha ou passeio no shopping no fim de semana. E para a nossa alegria, inúmeras marcas estão investindo nesse produto, criando modelos com design, cores e texturas diferentes e cheias de charme para todos os gostos!

Pensando nisso, neste post vamos apresentar os sapatos mais conhecidos do mundo fashion, bem como algumas dicas especiais para você usá-los com sucesso. Inspire-se!

Sapatilhas

As sapatilhas são o modelo perfeito para quem quer substituir o salto alto, colocar o conforto em primeiro lugar e, ainda assim, manter o visual chiquérrimo. O ponto positivo é que há tipos de sapatilhas para todos os estilos — das clássicas até as mais despojadas.

Elas podem variar de cor, material, design e aplicações, como as versões com lantejoulas e pedrarias. E por falar nisso, uma das opções mais desejadas pelas mulheres de qualquer idade é a sapatilha colorida. Versátil, combina com o famoso jeans skinny, calça flare, legging, saias, vestidos, shorts e, inclusive, looks especiais para curtir uma balada ou festa noturna.

Apesar de ser um modelo polivalente, muitas pessoas ainda não sabem como usar a mesma sapatilha em looks diferentes. Mas fique tranquila! Para ajudá-la, selecionamos um exemplo eficaz. Imagine que você tenha adquirido uma sapatilha toda colorida, com estampas étnicas. Para aproveitá-la ao máximo, é possível apostar em três produções distintas:

  • look descontraído: ideal para os dias de verão, principalmente para quem ama curtir o fim de semana com os amigos. O calçado pode ser usado com vestidos, shorts, jardineiras e camiseta de algodão;

  • look de trabalho: a sapatilha colorida pode destacar completamente a sua combinação do office, criando um visual repaginado e mais interessante. Utilize a peça com roupas de tons neutros, como a calça de alfaiataria preta ou camisa social branca;

  • look de festa: que tal deixar a sua produção de festa menos séria e mais descontraída? Escolha um vestido liso, de tonalidade única e arremate o visual com um calçado colorido.

Rasteirinhas

Práticas, confortáveis e frescas: essas são as rasteirinhas. Esse é um dos principais tipos de calçados recomendados para manter a combinação mais confortável, sem machucar os pés ou deixar o charme de lado. A cada temporada, essa versão de sandália vem se reinventando para seguir as tendências e agradar a todos, variando o formato ou os materiais utilizados na composição.

Esses sapatos conversam bem com diferentes vestimentas — do shorts jeans às roupas formais. Inclusive, poucos imaginam, mas é possível usar a rasteirinha no inverno. Para isso, basta incluir o modelo nas produções com saias, vestidos longos, calça jeans ou legging.

Loafers, slippers ou mocassins

Se há um sapato capaz de oferecer conforto e estilo são os loafers, slippers ou mocassins. Baixinhos, sem cadarço, cobrindo o peito do pé e com um toque masculino, esses modelos são excelentes para compor produções básicas ou mais elaboradas.

Atualmente, os três calçados podem ser encontrados em uma infinidade de versões, variando os seus materiais e trazendo um ar mais cool para o visual.

As opções neutras e confeccionadas em couro sintético podem ser usadas com blazer, camisas sociais ou regatinhas de cetim. Já aqueles em veludo, verniz ou  jeans se encaixam perfeitamente em peças despojadas, como é o caso das t-shirts, calças pantalonas, jardineiras ou vestidos. Um luxo só!

Alpargatas

Já ouviu falar das alpargatas? Também conhecidas como espadrilhas, foram criadas no século XIV na região onde hoje é a Catalunha. Com o passar dos anos, o modelo foi se popularizando e, agora, as alpargatas têm duas versões: com a sola de borracha ou natural.

Ambas as opções são fresquinhas e supermodernas, principalmente se você apostar em um modelo com acabamento em couro, renda, metalizado, estampado ou com spikes. No look, elas combinam com shorts, vestidos, saias e outras peças casuais.

Dica amiga: caso você queira usar o sapato com uma calça, invista em um cropped e, se possível, deixe a barra dobradinha. Esse detalhe proporcionará um resultado ainda mais estiloso!

Gladiadoras

É provável que você já tenha visto uma sandália gladiadora por aí. Seja nos livros de história ou filmes de outras épocas, esse é um dos tipos de calçados que mais esteve presente na Roma Antiga, quando simbolizava a luta dos cidadãos que praticavam lutas nas arenas.

Hoje, esse conceito já perdeu o sentido e as sandálias gladiadoras ganharam novas releituras, passando por uma verdadeira modernização. Diferentemente dos sapatos já citados até aqui, esses modelos carregam um design mais pesado, por isso são uma excelente alternativa para valorizar a região das pernas e dar um “up” nas combinações básicas do dia a dia.

Outra vantagem do calçado está no conforto, o que estimula bastante o seu uso para diversas ocasiões. A sandália gladiadora pode ser usada com uma infinidade de combinações. Mostraremos para você as principais:

  • com shorts jeans + cardigan oversized;

  • com vestidos curtinhos e de tecidos leves;

  • com saias midi e em tons claros, como o nude.

Peep toes

Um sapato bem atemporal (ou seja, que nunca sai de moda) é o peep toe. Tudo começou na década de 1940, quando o modelo ficou conhecido entre as mulheres que seguiam o estilo pin-up. Basicamente, o calçado tem o seguinte design: salto alto e uma abertura na frente, permitindo que a pontinha dos dedos fique à mostra.

Por essa razão, o peep toe é o preferido daquelas que adoram montar looks mais marcantes e sensuais. Embora não pareça, o sapato é versátil e está disponível em infinitas versões — com salto grosso ou anabela, com cores discretas, tons vivos e adereços, como as fivelas, bordados ou glitter.

Usar o peep toe é fácil, fácil. Ele vai bem com roupa de alfaiataria, calça jeans, saia, shorts ou vestido. Em qualquer aposta, pode ter certeza: ele adiciona elegância e sofisticação imediata ao visual.

Open boots (sandália abotinada)

Os open boots, também conhecidos como sandálias abotinadas, são praticamente um modelo de bota aberta. Isso mesmo! O calçado, que pode apresentar o salto alto ou mais baixinho, discreto ou repleto de detalhes, tem uma pequena abertura na parte frontal que deixa os três dedos do pé em evidência. Além disso, há algumas versões do open boot que contam com uma segunda abertura, dessa vez na parte de trás, perto do calcanhar.

Muito parecida com as ankle boots, esse tipo de botinha conta com um comprimento até o tornozelo, facilitando o seu uso em inúmeras produções. Apesar da sua flexibilidade, essa opção combina melhor com saias, vestidos e shorts curtinhos, podendo variar entre os modelos justos ou soltos.

Essa dica é ainda mais válida para as mulheres baixas e com panturrilha grossa. Já para as altas, as vestimentas justinhas e longas são excelentes. Skinny jeans, legging e meias finas são itens que complementam muito bem a proposta.

Mule

O mule é o sapato mais cobiçado do momento. Para quem não sabe, esse modelo fez muito sucesso na década de 1990 e agora voltou com tudo nas ruas e passarelas. Seguindo esse conceito, é possível encontrar por aí dois tipos de mule: os mais baixos e os com salto.

As duas opções trazem uma proposta autêntica e capaz de deixar o tornozelo à mostra de um jeito extremamente sofisticado. Democrático, vai bem com shorts, vestidos, saias curtas, pantacourts e, inclusive, a mom jeans — uma modelagem de calça mais larguinha e confortável.

Se você está sem criatividade para inovar o look do trabalho, está aí uma ótima alternativa. Quando utilizado com peças de alfaiataria ou calças largas, esse calçado consegue adicionar um toque mais informal e estiloso para o visual. Faça o teste!

Slip-on/Iate

Originário do closet dos homens, o slip-on (ou tênis iate) foi, aos poucos, conquistando o coração do público feminino. É não é para menos! Além de ser lindo, o modelo é um dos mais confortáveis do mercado. Explicamos: em vez do cadarço, o slip-on conta com pequenos elásticos nas laterais.

Além disso, após a sua popularização, o calçado se reinventou e ganhou novas versões com estampas irreverentes, cores neutras e intensas e, em alguns casos, alguns adereços, como os bordados ou acabamento em glitter. Tudo para agradar a mulher contemporânea! Mas, a grande dúvida é: como usar o tênis iate no dia a dia? Logo em seguida a gente conta para você!

Com jeans

O jeans é aquele tecido indispensável no armário. E há uma característica em comum entre ele e o slip-on: o conforto. Ambos são flexíveis e versáteis. Por isso, essa dupla pode ser usada tranquilamente — você só precisa adicionar uma camiseta de algodão ou camisa social, dependendo da ocasião.

Com blazer

temperatura caiu e você não sabe como sair de casa cheia de estilo? Aposte na combinação de blazer — oversized ou não — e um tênis iate. Dependendo da ocasião, prefira os modelos de slip-on mais discretos. As opções em couro e veludo preto são bons exemplos.

Scarpins/Stilettos

Podemos dizer que o scarpin é um dos tipos de calçados mais conhecidos do mundo. Fundamental para o nosso closet, ele é capaz de alongar a silhueta e levar mais elegância para a produção.

O modelo é recomendado para todas as mulheres, sejam aquelas que seguem o estilo mais despojado, seja para as tradicionais ou modernas. Pode acreditar: esse sapato ajudará a transformar o seu visual!

Ainda em dúvida? Imagine então, que você está vestindo uma calça jeans básica e camisa branca com um calçado qualquer. Agora, pense nessa mesma combinação, só que com um scarpin nos pés. Diferente, né?

Se você adora um look esportivo, saiba que o scarpin pode ser usado com calças de moletom, calça jogging e até blusinhas de malha. Ao colocar o modelo nos pés, você notará que a sua combinação ficará requintada e transbordando estilo.

Galochas

Toda mulher tem no armário aquela peça linda, mas bastante difícil de usar, não é? Um belo exemplo disso são as galochas — um dos principais recursos para quem deseja se proteger contra o frio e a chuva. No início, esse modelo de calçado foi criado para ajudar os militares que trabalhavam nos campos de batalha. Anos depois, foi a vez da galocha fazer parte da corte britânica, que usava a peça nas atividades de montaria.

Após os anos 1950, o calçado se popularizou e, agora, já pode ser encontrado nas mais diversas cores e estampas. Verde-musgo, preto, amarelo e vermelho são os tons mais usados para esse tipo de bota. Há também as opções com padronagens, como os modelos em xadrez ou animal print (oncinha).

O mais interessante é que a galocha vai bem com várias vestimentas, inclusive aquelas que carregam um estilo mais despojado e casual. Para deixar o seu look moderno e descontraído, é bacana usar essa botinha com meias coloridas.

Meia pata

Unanimidade entre as baixinhas, o sapato meia pata tem, resumidamente, uma sola com plataforma. Esse detalhe é ideal para intensificar a sustentação na área frontal dos pés, permitindo que o calçado fique mais confortável e ofereça uma boa segurança para as mulheres que têm medo de andar de salto alto.

A vantagem disso tudo? Com o modelo, é possível usar um sapato superalto, mas sem precisar ficar na ponta dos pés ou sofrer acidentes.

A meia pata pode surgir em diferentes tipos de calçados: sandálias, scarpins, peep toes e ankle boots. Com isso, você terá a possibilidade de aproveitar todos os benefícios desse detalhe, independentemente da ocasião ou estilo do look.

Oxford shoes

Temos aqui outro modelo roubado do armário masculino — o oxford. A proposta é muito parecida com a da sapatilha: andar com conforto e estilo em qualquer estação do ano. O calçado ganhou esse nome após virar tendência entre os estudantes da Universidade de Oxford, uma renomada instituição de ensino britânica.

No Brasil, essa sensação surgiu depois de uma certa repaginação do modelo, que já pode ser encontrado em diferentes cores e estilos de acabamento, como o verniz, cores metálicas ou flatform (plataformas).

Quando utilizado no look, o oxford é excelente para adicionar uma pitada retrô e bem estilosa. A parte bacana é que esses calçados funcionam tanto para dias de passeios quanto para o ambiente de trabalho — desde que usado com roupas estruturadas, como a camisa, o blazer ou uma calça de alfaiataria. Lindo, lindo!

Over the knee boots

Não tem pra ninguém! As botas over the knee são as queridinhas do outono/inverno. Traduzindo literalmente, o nome significa “botas acima do joelho”, exatamente como elas são. Muito famosas no exterior, essas botas chegaram de mansinho em terras brasileiras. No mercado, há opções com salto baixo, alto, de camurça, em couro ou coloridas. Escolha aquela que mais combina com as suas roupas!

O modelo pode ser usado de vários modos: com calça, saias, shorts ou vestidos. No primeiro caso, a recomendação é que você invista nas calças mais justinhas ou da mesma tonalidade que a bota. Por exemplo, uma legging preta + bota over the knee preta.

Com isso, você alcançará um visual mais sensual e, de quebra, conseguirá alongar a silhueta. Por outro lado, para quebrar esse toque sexy, existe a possibilidade de combinar a bota com shorts e suéteres, criando uma atmosfera mais jovem e descolada.

Anabela

Entre uma temporada e outra, as anabelas estão sempre presentes. Às vezes, o modelo é um pouco esquecido, mas sempre volta com tudo para embelezar os pés das mulheres. Certamente, esse é um dos tipos de sandálias mais utilizados pelo público feminino, seja para looks casuais, seja para os formais.

Mesmo fazendo parte do cotidiano, ainda há muitas pessoas que não sabem usar ou diferenciar esse modelo. Vamos acabar com as dúvidas? Anota aí: a anabela é aquele tipo de calçado que traz o salto mais alto só na região do calcanhar, mantendo o restante do pé no chão.

As sandálias que seguem esse design contam com uma espécie de pulseira presa em volta do tornozelo. Esse detalhe facilita a produção para quem gosta de usar saias, shorts ou calças com a barra dobradinha. Existem também alguns modelos com o salto de corda ou juta, resultando em um visual rústico e tropical. Essas opções são ótimas para programas durante o dia ou eventos noturnos e informais.

Mary Jane/sapato boneca

O Mary Jane, ou sapato boneca, é aquele com uma tira fininha no peito do pé ou perto do tornozelo. Com o passar das décadas, o modelo passou por algumas reformulações, mas continuou mantendo o seu propósito: ser delicado e extremamente charmoso.

É a aposta certa para quem ama um look com estilo romântico e feminino. Saias e vestidos com tecidos leves e estampados são perfeitos para integrar a combinação. O mesmo vale para calças ou shorts: sempre que possível, prefira as opções molinhas e com recorte largo no corpo.

Os sapatos Mary Jane tendem a ser produzidos em salto alto. Ainda assim, há alguns modelos que lembram uma sapatilha, sendo excelentes substitutos para os tênis esportivos. Para produções casuais, recorra aos vestidos, casacos ou camisetas com estampas delicadas. Já as meninas que adoram um visual girlie podem investir sem medo em combinações com saia midi e suéter. Uma charme só!

Chelsea boots

Sabe aquelas botas bem justinhas, com salto quadrado, elásticos nas laterais e superbaixas? São as famosas chelsea boots. O primeiro sinal desse modelo foi ainda na Era Vitoriana, quando o calçado era usado para praticar montaria.

Porém, entre as décadas de 1950 e 1960, essa versão ficou bastante conhecida na Inglaterra, onde foi usada pelos Beatles e Rolling Stones. Depois disso o modelo se popularizou e o restante do mundo aderiu à ideia.

Esse tipo de calçado tem um design simples, mas pode ser adicionado facilmente em combinações elegantes e cheias de atitude. Não sabe como usar a chelsea boot? Confira algumas sugestões de looks:

  • com vestido + casaco longo;

  • com jaquetinha jeans + saia godê;

  • com camisa social + blazer;

  • com calça jeans + t-shirt estampada.

Flatforms

As flatforms dividem opiniões — há quem ame e há quem não goste. Mas, após colocar o modelo nos pés, nós garantimos que é impossível não se apaixonar. Sabe por quê? Elas são muito confortáveis e ainda têm muito estilo.

Não é para menos! As flatforms, como o nome já diz, são um tipo de plataforma com o salto reto, baixo e levinho. Também é possível encontrar modelos variados desse calçado em plástico, emborrachados, em verniz, em couro sintético, vazados ou de cortiça. Perfeita para todos os gostos!

Dentre as infinitas possibilidades de combinações, as flatforms caem bem com os vestidos midi ou mini. Nos dias mais frios, aproveite para incluir uma jaqueta jeans ou cardigan na produção, criando um visual infalível para ocasiões mais descontraídas. Demais, não é?

Birkenstock

O birkenstock feminino é um calçado polêmico. Para muitos o sapato é considerado brega. No entanto, quando utilizado da maneira adequada, certamente conquistará o seu coração e nunca mais sairá dos seus pés.

O seu visual pode parecer um tanto grosseiro, mas esse é o seu principal objetivo: jamais perder a sua essência esportiva. Para acabar um pouco com esse efeito, algumas fashionistas utilizam as versões do birken produzidas a partir de elementos charmosos e femininos, como strass, glitter ou acabamento metálico. Se você quiser usar esse modelo no ambiente profissional, esqueça!

Esse é um dos tipos de calçados mais casuais e devem surgir em combinações despojadas para curtir um passeio no parque ou um almoço informal no fim de semana. Todas as vestimentas que seguem essa proposta são bem-vindas. Shorts, saias, vestidos e calças jeans são algumas delas.

Sneakers

Boa parte do público feminino não gosta de usar tênis no dia a dia, especialmente em ambientes corporativos. Considerando esse pequeno problema, muitas marcas desenvolveram um modelo de tênis mais estiloso, moderno e casual — os sneakers.

Embora o calçado não carregue um conceito formal, essa opção se encaixa melhor em combinações mais sofisticadas, como aquelas que usamos para ir ao shopping, visitar uma galeria de arte ou viajar.

Geralmente, esses sapatos são confeccionados com materiais mais nobres e, em alguns casos, aplicações diversas. Você encontrará facilmente sneakers em couro, vinil, veludo ou paetês. Por se tratar de um tênis, essa versão cai bem com produções descoladas e que descartam o uso do salto alto. Esse é o caso da calça jeans, shorts e saias de tecidos diversos.

Viu, só? Há diversos tipos de calçados que você pode  usar para complementar os seus looks. Lembre-se de escolher somente os modelos que realmente se encaixam no seu estilo e, preferencialmente, que ofereçam o máximo de conforto.

Gostou do nosso material exclusivo? Então, aproveite essa leitura e dê uma olhada no site da Happee. Temos itens únicos e produzidos livres da exploração de mão de obra!

Posts Relacionados

O que levar em viagem? 7 itens que não podem faltar na mala
O que levar em viagem? 7 itens que não podem faltar na mala
Finalmente você comprou as passagens e reservou o hotel para conhecer aquele destino tão esperado. Excelente notícia!...
Leia mais
Como são feitos os nossos bordados e bolsas? Confira como a nossa nova coleção foi feita 😍
Como são feitos os nossos bordados e bolsas? Confira como a nossa nova coleção foi feita 😍
Uma das nossas maiores paixões é viajar para lugares remotos, daqueles que parece que saíram de uma edição da Nationa...
Leia mais
Aprenda como usar tênis slip on feminino em qualquer ocasião
Aprenda como usar tênis slip on feminino em qualquer ocasião
Que tal aprender como usar tênis slip on feminino? Felizmente, o mundo da moda é repleto de novidades e, a cada estaç...
Leia mais


Deixe um comentário

Os comentários serão aprovados antes de serem exibidos.

Guia de tamanhos

Caso você tenha alguma dúvida sobre o tamanho que deve comprar, pedimos que siga os passos abaixo para medir o seu pé, e então cheque nas tabelas abaixo o tamanho de calçado que corresponde ao comprimento do seu pé em centímetros. 

1. Em pé, coloque uma folha de papel debaixo do seu pé. Desenhe o contorno do seu pé com um lápis, conforme figura. 

2. Com uma régua ou fita métrica, meça o tamanho do seu pé, do calcanhar à ponta dedo mais comprido.

 

   SAPATILHAS
PAÍS TAMANHO

UK/INDIA

6

6.5

7

7.5

8

8.5

 

EUROPA

38

38/39

39

39/40

40

41

 

BRASIL*

36

36.5

37

37.5

38

39

 

EUA

7

7.5

8

8.5

9

9.5

 

CENTÍMETROS (PÉ) 23.8 24.1 24.6 25.1 25.4 25.9

 

   MOJARIS
PAÍS TAMANHO

UK/INDIA

2

3

4

5

6

6.5

 

EUROPA

35

36

37

38

39

40

 

BRASIL*

33

34

35

36

37

38

 

EUA

4

5

6

7

8

9

 

CENTÍMETROS (PÉ) 21,3 22,2 23 23,8 24,6 25,4

 

*Se você está vendo o site em português, a numeração já está convertida para a numeração brasileira.

*Nossas sapatilhas servem confortavelmente. As mojaris, no entanto, são um tipo de calçado naturalmente mais justo, pois de ajustam ao pé conforme o uso. 

*Esta tabela pode variar um pouco da tabela de outras marcas, uma vez que não há padrão internacional para tamanhos de sapatos. 

*Caso você ainda tenha dúvidas em relação ao seu tamanho, envie um e-mail para info@iamhappee.com, e responderemos o mais rápido possível. :)