Quão bem eu conheço os meus sonhos?

por Leticia Sales agosto 07, 2015

Quão bem eu conheço os meus sonhos?

       

No século XXI, os seres humanos estão tendo acesso a mais conhecimento, e empurrando a humanidade para a frente com novas invenções e descobertas. Agora vivemos em um mundo onde acreditamos que viver na lua é possível.
Para que isso aconteça, o que tem sido um dos impulsos mais constantes para a humanidade é a capacidade de sonhar, sonhar o impossível, onde nós não apenas damos novos rumos às nossas vidas, mas também mudamos nossa própria percepção sobre o mundo.
Nossa incapacidade de expressar nossos próprios sonhos é o suficiente para a sociedade, os nossos entes queridos, nos proibirem de alcançá-los. O que pode realmente nos levar em direção a nossos sonhos é quando estamos confiantes o suficiente para falar sobre eles, expressá-los em voz alta, onde, no final, o mundo inteiro conspira a nosso favor.
Esta semana a equipe Happee realizou outra atividade linda com as crianças na Rays, nossa ONG parceira, que envolve bastante diversão com maneiras muito legais de expressar seus sonhos para o resto das pessoas. 
O nome da atividade era "Adivinha o que eu quero ser?" Dividimos as crianças em 4 grupos liderados por um membro da equipe Happee. Cada grupo teve de enviar um membro de cada vez, onde ele / ela iria tentar explicar com mímica o que ele / ela queria estar no futuro e o resto das equipas tinha que adivinhar. 
A equipe que adivinhasse primeiro, ganharia um ponto. Além de não poderem falar, os membros da mesma equipe não poderiam ajudá-la, ou "soprar" para os adversários.
Isto incentivou as crianças a agirem em relação a seus sonhos, que saiu como diversão completa com grande aprendizado. Também foi ótimo para que pudéssemos aprender mais sobre as crianças, e pensar em como podemos ajudá-las a realizarem seus sonhos.
Pudemos ver como esta pequena atividade fez uma enorme diferença na vida dessas crianças, desafiando-os a pensar em como ter muita clareza e representar os sonhos fortemente, de modo que ninguém suprima seus sonhos e aspirações. Foi muito gratificante ver como as crianças se apoiam e como incentivam os sonhos umas das outras. 
Nós, da Happee, desejamos a essas crianças um futuro bonito, cheia de vida e de amor.



         

 

         


         

 

Happee: acessórios feitos à mão na Índia




Leticia Sales
Leticia Sales

Autor



Deixe um comentário

Os comentários serão aprovados antes de serem exibidos.