O que levar em viagem? 7 itens que não podem faltar na mala

por Leticia Sales novembro 05, 2018

O que levar em viagem? 7 itens que não podem faltar na mala

Finalmente você comprou as passagens e reservou o hotel para conhecer aquele destino tão esperado. Excelente notícia! No entanto, durante esse planejamento, muitas pessoas deixam a organização das malas para a última hora e sempre surge aquela dúvida: o que levar na viagem?

Já adiantamos: para embarcar em uma aventura dos sonhos, é fundamental arrumar os seus pertences com antecedência, descobrir o clima do destino e quantos dias pretende permanecer longe. De todos os itens que não podem ficar de fora, estão os produtos de higiene, cosméticos, documentos, roupas específicas e demais acessórios também importantes. 

Precisando de uma ajuda nessa tarefa? Conte com a gente! Para este post, criamos um checklist com tudo o que você precisará incluir na sua bagagem e que fará toda a diferença nessa jornada. Siga a leitura e anote as dicas!

1. Itens de higiene pessoal

Embora boa parte dos hotéis ofereçam produtos básicos de higiene pessoal, é sempre válido carregar conosco aqueles itens de nossa preferência, não é mesmo? Como exemplo, podemos citar escova e pasta de dentes, lentes de contato, sabonetes, desodorantes, talco para os pés, shampoos, condicionadores e outros elementos que ajudarão a deixar qualquer passeio mais agradável. Mas afinal, como armazenar todos esses itens em um único local?

A nossa primeira dica sobre o que levar na viagem é: invista em um bom nécessaire. Compacto e extremamente útil, esse tipo de bolsa é excelente para organizar todos os produtos de forma segura e acessível. Para isso, busque por um modelo que, de preferência, tenha diversos compartimentos e divisões internas. Esse detalhe é essencial para não misturar diferentes produtos, como os de higiene pessoal com os cosméticos.

Durante uma viagem, nem sempre carregamos uma mala com espaço de sobra, por isso é importante não cometer exageros. O ideal é que você leve somente a quantidade de itens que realmente for utilizar ao longo da aventura.

Caso a viagem seja de apenas uma semana, não é necessário levar mais do que um sabonete ou shampoo. O mais sensato é comprar pequenos frascos e, em cada um, colocar a quantidade adequada de produtos que serão utilizados pelos próximos dias.

Veja se os frascos estão bem fechados

Um dos grandes erros cometidos por muitos viajantes é não fechar bem os frascos de higiene pessoal, principalmente os de produtos líquidos. Como resultado, os componentes podem vazar, escorrer pelo interior da mala e danificar as suas roupas, aparelhos eletrônicos ou outros pertences, prejudicando completamente o seu passeio. Desagradável, né?

Para fugir desse problema, não se esqueça de verificar se todos os itens estão bem vedados, impedindo que algum imprevisto aconteça. Para garantir, vale a pena retirar a tampa do produto e passar um papel-filme na boca do pote.

Em seguida, rosqueie a tampa novamente e armazene o item em um saco plástico, de preferência no modelo ziplock. Com essa etapa concluída, basta organizar cada potinho em um compartimento do nécessaire e pronto! De forma simples e prática, você poderá viajar com total segurança.

Limpe todos os itens após o uso

Durante a viagem, é essencial manter os produtos limpos e organizados na sua bagagem. Isso evitará a formação de fungos, germes e bactérias em todos os elementos de higiene. Veja algumas dicas:

  • escova de dentes: seque bem a sua escova após o uso. Se possível, guarde o material em uma caixinha protetora, que pode ser adquirida em lojas de beleza ou drogarias. Assim, as cerdas não ficarão tortas e a sua gengiva não será machucada;
  • lentes de contato: todos os dias, limpe a caixa das suas lentes com uma solução exclusiva para essa finalidade, armazenando o par em um local reservado do seu nécessaire;
  • pasta de dentes, shampoo e condicionador: jamais guarde os itens molhados na sua mala. Antes de organizá-los, seque cada um com papel toalha ou pano seco.

Cosméticos

Creme hidratante, esfoliante, protetor solar e perfumes devem ser colocados na mala com muito cuidado para que não quebrem, estourem ou vazem no interior da bagagem. Os cosméticos podem ser guardados em uma frasqueira, incluindo todos os líquidos — sabonetes, bases faciais, corretivos e demais cremes. Para facilitar essa etapa, separamos alguns truques especiais:

  • jamais guarde frascos novos e totalmente cheios na mala. Como já dito, o recomendado é colocar uma pouca quantidade de cada cosmético em embalagens vazias e pequenas;
  • ao escolher as embalagens, prefira as que possuem tampa de rosquear. Elas são mais seguras;
  • separe os cosméticos dos produtos de higiene;
  • se houver algum produto em bisnaga, a nossa dica é apertá-los para que o ar saia completamente, fazendo isso antes mesmo de colocá-los no nécessaire. Essa tática serve para diminuir a pressão e evitar que o material estoure;
  • frascos de perfume devem ser envolvidos por um plástico bolha, com o objetivo de amortecer qualquer impacto.

2. Eletrônicos

Com o estilo de vida moderno, os aparelhos eletrônicos se tornaram indispensáveis na nossa rotina. Fica até difícil imaginar passar tantos dias sem utilizar um notebook ou smartphone. E quando falamos sobre as coisas para levar em viagem, sabemos que, infelizmente, não conseguimos colocar todas essas tecnologias na mala para aproveitar uma temporada longe de casa.

A recomendação é que, assim como no caso dos cosméticos, você carregue o mínimo possível. Primeiro, porque será uma preocupação a menos, sem mencionar o peso que esses equipamentos podem fazer na sua bagagem.

Celular, câmera fotográfica, tablet e laptop são os itens que mais acompanham os viajantes mundo afora. Contudo, para escolher os aparelhos que devem ser levados, será necessário avaliar o tipo e a duração da viagem.

Vamos aos exemplos? Imagine que você esteja tirando duas semanas de férias. Nessa situação, o aconselhável é incluir na mala somente smartphone, máquina fotográfica ou filmadora — para tirar fotos e registrar os melhores momentos da sua aventura. Agora, em caso de uma curta viagem de negócios, caberá a você avaliar a necessidade do laptop, tablet e outros equipamentos úteis para determinadas tarefas.

Cuidados com os aparelhos eletrônicos

Independentemente dos equipamentos eletrônicos escolhidos, é essencial tomar certas preocupações para não ter nenhuma surpresa durante o embarque no aeroporto. Em 2017, as companhias aéreas adotaram novas regras para os passageiros de voos nacionais e internacionais: agora, quem despachar as malas poderá pagar um valor adicional. Já aqueles que embarcarem apenas com a bagagem de mão pagarão um valor mais baixo na passagem.

Dito isso, muitas pessoas começaram a se organizar para carregar o mínimo possível e adequar os seus pertences aos novos padrões. Caso você esteja pensando em levar os equipamentos eletrônicos para a cabine, saiba que a bagagem de mão deverá pesar no máximo 10 kg. E tem mais: as medidas da bolsa, quando forem somadas, não podem passar de 115 cm — considerando largura, altura e profundidade. Fique atenta, OK?

Dica valiosa: para proteger o produto, avalie a ideia de usar uma capa de proteção, também chamada de case. Esses materiais são excelentes para preservar os equipamentos e impedir que as peças internas sejam danificadas em caso de batidas ou quedas. 

3. Documentos

Quer aproveitar a sua viagem dos sonhos ao máximo e sem dor de cabeça? Então comece desde já a organizar os documentos exigidos pelo destino que você pretende visitar. Normalmente as exigências podem mudar conforme o local da viagem.

De qualquer modo, selecionamos os documentos que são constantemente solicitados, tanto em viagens internacionais quanto nacionais. Olha só:

RG e CPF

O Registro Geral (RG) e o Cadastro de Pessoa Física (CPF) são os dois documentos mais conhecidos entre os brasileiros. Ambos contêm os dados básicos dos passageiros e são obrigatórios em qualquer viagem, seja para reservar um hotel ou realizar a compra das passagens aéreas.

Passaporte

O passaporte é o documento oficial e internacional emitido pelo Departamento da Polícia Federal e solicitado em viagens internacionais. Essa é a comprovação da sua cidadania e um modo de provar que você está viajando legalmente.

Em certos países, é possível entrar somente com a apresentação dele, descartando a necessidade de visto. Porém, a permanência máxima é de até 90 dias.

Visto

Por falar em visto, você sabe do que se trata esse documento? Basicamente, é uma espécie de certificado impresso disponibilizado pelas embaixadas ou consulados dos países.

Há diversos tipos de vistos, como o de turismo ou permanente. Para tirá-los, você precisará apresentar uma documentação, bem como passar por uma análise e aguardar a aprovação. As principais localidades que exigem o visto são: China, Coreia do Norte, Índia, Egito, Japão e Estados Unidos.

Comprovante de hospedagem

A sua hospedagem foi paga com adiantamento? Se sim, não se esqueça de levar o comprovante do pagamento, que pode ser até mesmo o extrato do seu cartão de crédito, conta corrente ou e-mailstrocados com o hotel ou pousada. Essa é a sua garantia de que a reserva foi efetuada.

Tickets de embarque

Para não correr o risco de encontrar problemas com a imigração (caso esteja viajando para o exterior), lembre-se de incluir na bagagem de mão os tickets de ida e volta. Vale deixar o seu bilhete impresso e guardá-lo junto aos demais documentos.

4. Roupas

Quem nunca colocou na mala de viagem muito mais roupas do que realmente iria usar? Esse é um erro bastante comum, ainda mais entre as mulheres. Mas não se desespere! Seguindo algumas dicas simples, é possível incluir tudo o que é importante, sem sobrecarregar a sua bagagem.

Inicialmente, a dica de ouro é pesquisar bem sobre o clima da região que você pretende visitar. Verifique o mês e a temperatura que normalmente faz durante esse período. Para determinados destinos, será preciso levar roupas específicas, como é o caso de locais que apresentam temperaturas negativas ou muito elevadas. De modo geral, o melhor caminho é sempre escolher vestimentas confortáveis e que dificilmente amassem quando dobradas.

Para não cometer exageros, também é fundamental considerar o tempo de duração da viagem e escolher itens que podem ser usados mais de uma vez ao longo dos dias. Esse é o caso da calça jeans, uma peça altamente versátil e que conversa perfeitamente com blusinhas, camisas e casacos diversos.

Um truque incrível para levar pouca roupa é escolher peças curingas e que combinem com as outras. Quer um exemplo? Em vez de incluir vestimentas muito coloridas na sua mala, prefira aquelas de cores mais neutras — preto, branco, cinza e azul-marinho. Elas vão bem com tudo, tudinho mesmo!

Agora, se você estiver sentindo falta de um toque de cor, aposte nos acessórios para dar uma pitada extra de estilo na sua composição. Lenços, luvas, cintos, brincos e colares são alguns exemplos.

Ainda não sabe quais exatamente colocar na sua mala? Para ajudá-la, criamos uma lista básica com dicas de roupa para viagem de duas semanas. Você encontrará peças que podem ser usadas tranquilamente durante as estações mais brandas do calendário, como outono ou primavera. Dê uma olhada:

  • 02 calças jeans;
  • 01 leggings;
  • 01 shorts;
  • 01 saia;
  • 01 vestido;
  • 01 casaco de tricô;
  • 01 jaqueta jeans ou de couro;
  • 03 blusas básicas e de cores neutras;
  • 06 blusinhas (camisas e camisetas);
  • calcinhas;
  • meias;
  • sutiãs;
  • meia-calça.

Como arrumar a mala

Podemos dizer que otimizar o espaço interno da mala é o grande desafio dos viajantes de plantão. Afinal, como armazenar todos os pertences sem que eles amassem, danifiquem e, de quebra, ainda sobre alguns centímetros para aquelas comprinhas da volta?

Para vencer essa etapa, temos uma tática infalível: enrolar as peças. Ao enrolar as calças e blusas, você evita que elas fiquem cheias de marcas de dobras e, inclusive, consegue economizar um bom espaço na bagagem.

Outra técnica é fazer o mesmo procedimento com as roupas íntimas, meias e biquínis. Com todos os itens bem enroladinhos, basta colocá-los em sacos plásticos pequenos e, por fim, guardá-los dentro de sapatos ou tênis fechados. Legal, né?

Quer mais uma alternativa para impedir que as suas roupas amassem? Dobre as peças do avesso, deixando as mangas para dentro. Assim que chegar no seu destino, coloque-as imediatamente em cabides — dando prioridade aos modelos de madeira — e pendure-as no banheiro enquanto você tomar banho. Com o vapor e a umidade da água, as roupas vão desamassar mais rapidamente.

5. Calçados

Os sapatos são os itens mais difíceis de encaixar na mala. Eles são pesados, volumosos e, para piorar, não dobram como as roupas. Ou seja, mesmo que você queira, não dá para carregar muitos pares na viagem.

Para selecionar os modelos, será preciso analisar o destino, as atividades que serão realizadas durante o período e a duração da sua aventura. Você pretende fazer longas caminhadas? Investir em trilhas ou somente passear pela cidade? Todas essas informações deverão ser analisadas com cuidado.

Esqueça a ideia de levar sapatos de salto alto. Esses modelos ocupam uma boa parte do espaço e são raramente usados. As opções confortáveis e versáteis, por sua vez, devem ser usadas sem medo, como as sapatilhas, tênis, slip-on e outras alternativas casuais.

Para não errar, aposte em três modelos de calçados. Esse é um número perfeito para quem pretende ficar longe por 15 ou 30 dias. As principais opções são:

  • calçados para caminhar: para explorar a cidade ao máximo, prefira os modelos hiperconfortáveis. Isso evitará lesões, bolhas, problemas ortopédicos e proporcionará muito mais praticidade no dia a dia. O tênis e a sapatilha, por exemplo, são considerados os melhores sapatos para viajar;
  • sapato casual: escolha uma peça que combine com boa parte das suas vestimentas. Como sugestão, indicamos a sapatilha ou slip-on, que conversam bem com vestidos, saias e calças jeans;
  • bota ou sandália: aqui, você deverá observar o clima do local. É frio? Então invista em uma bela bota. Por outro lado, se você pretende visitar uma cidade com temperatura tropical, as sandálias e rasteirinhas são muito bem-vindas;
  • chinelo: um bom chinelo sempre vai bem. Esse modelo é ótimo para tomar banho, caminhar pelo hotel ou aproveitar uma praia e piscina.

Como organizar os sapatos na mala

Após escolher os modelos que serão usados na sua viagem, chegou o momento de organizar os pares dentro da mala. Antes de tudo, procure limpar os solados muito bem, para que as demais peças não fiquem sujas.

Anteriormente, demos uma dica interessantíssima: em um saquinho, coloque as peças íntimas dentro de cada par de calçado. Além de economizar espaço, esse truque é excelente para evitar que os sapatos fiquem deformados com o excesso de peso.

Para intensificar a proteção, guarde os itens em sacos exclusivos para calçados, normalmente produzidos em algodão. Fácil, fácil!

6. Bolsas

Verdade seja dita: no mercado, há uma infinidade de modelos de malas para viajar. Grandes, médias, pequenas, de tecido, plástico ou metal. Ou seja, tem para todos os gostos! E por conta de tamanha variedade, fica difícil escolher o modelo certo para armazenar todos os nossos pertences e aproveitar essa aventura com mais praticidade.

Entre as principais características de uma mala, a primeira e mais importante delas é a leveza. Sim! O material precisa ser leve, fácil de transportar e ao mesmo tempo oferecer o máximo de durabilidade. Para explicar melhor, separamos a seguir as características que não devem ser deixadas de lado nessa escolha:

Resistência

Ninguém gosta de comprar um produto e ter que trocá-lo novamente em pouco tempo, certo? Por isso, antes de adquirir a sua mala, é essencial prestar bastante atenção na durabilidade e resistência do acessório.

Já imaginou como pode ser desagradável comprar uma mala e a mesma chegar deteriorada na esteira do aeroporto? Péssimo! Graças ao avanço da tecnologia, hoje existem materiais que cumprem bem essa função. Os mais conhecidos são o polipropileno, policarbonato e o ABS.

Tamanho

As medidas das malas variam muito. O mais indicado é adquirir um produto que supra bem as suas necessidades durante os dias longe de casa. Se você estiver planejando passar mais do que uma semana, é melhor investir em um modelo médio ou grande.

As opções menores são indicadas para curtos períodos de no máximo três ou quatro dias. Inclusive, para garantir ainda mais praticidade e conforto, a nossa dica é que você aposte em uma mala de bordo, além da mala média ou grande que será despachada. Com esse modelo pequeno, há a possibilidade de levar para a cabine os seus documentos, aparelhos eletrônicos e outros pertences delicados e essenciais.

Compartimentos

Para manter as suas roupas bem organizadas, escolha uma mala que abra na metade e consiga dividir as peças igualmente. Os modelos que contam com uma capa com zíper em ambos os lados ilustram bem essa proposta. Há também algumas opções que, em vez da capa, possuem um elástico que serve para prender os seus pertences.

Nécessaire

O nécessaire é uma espécie de bolsa de primeiros socorros. Ele serve para guardar todos aqueles itens que são indispensáveis no dia a dia e, claro, durante uma viagem. O segredo para organizar o acessório é o autoconhecimento.

Em resumo, é legal saber quais produtos serão extremamente necessários ao longo do período. Para quem pretende passar muitos dias fora, vale considerar o uso de um nécessaire para viagem grande, o que facilitará bastante a organização dos pertences.

Também é preciso ter atenção no material do acessório. Os modelos fabricados a partir de elementos maleáveis são ótimos, uma vez que, quando não estão cheios, conseguem ocupar menos espaço na bagagem. Certifique-se ainda se o produto é impermeável ou resistente à água — se algum cosmético vazar, as suas roupas não serão prejudicadas.

Para montar o seu nécessaire sem esquecer nada, siga a seguinte técnica: crie um checklist de toda a sua rotina de beleza. Essa lista deverá incluir os produtos de higiene e maquiagem. Separe todos os itens e analise quais deles são muito necessários e aqueles que você consegue passar uns dias sem. Ainda não sabe o que levar na sua bolsinha? Separamos uma relação prática e acessível:

  • para os cabelos: pente, shampoo e condicionador;
  • higiene do corpo: sabonete, desodorante, absorventes, escova e pasta de dentes;
  • para a pele: hidratantes corporais e faciais, protetor solar, demaquilante e discos de algodão;
  • maquiagem: os itens básicos, como base, pó, blush, corretivo e batom.

7. Acessórios

Os acessórios femininos são fundamentais em qualquer produção. Práticos e charmosos, eles ajudam a transformar e incrementar o look, levando mais graça e cor para o visual. Como você já deve imaginar, esses itens podem (e devem) ser adicionados na sua bagagem.

Quando estiver com poucas opções de roupas para combinar, basta apostar em um acessório para deixar a combinação diferenciada e cheia de estilo. E se você não sabe quais acessórios levar na viagem, aqui vai a nossa sugestão:

  • presilhas, elásticos e tiaras de cabelo;
  • brincos, colares e pulseiras discretos;
  • peças com brilho e colares longos (se tiver planos para sair à noite);
  • lenços e echarpes;
  • óculos de sol;
  • chapéu, boné ou gorro, de acordo com o clima da região.

Guardar esses pertences é fácil: invista em um nécessaire especial e que, de preferência, tenha variadas divisões para que cada peça fique em seu lugar.

Por último, a nossa recomendação é que, sempre que for comprar novos itens para as suas aventuras, procure optar por empresas que desenvolvem os seus produtos tendo como iniciativa a valorização dos funcionários. Você não vai se arrepender!

Viu só como é fácil descobrir o que levar na viagem? Com essas dicas, a sua experiência será incrível e você terá muita praticidade e tranquilidade com o passar dos dias.

Agora que você já sabe tudo sobre como arrumar a mala de viagem, aproveite e conheça o nosso site. A Happee é uma loja virtual que trabalha com calçados, bolsas e lenços femininos produzidos na Índia e por artesãos rurais. Apaixonante!




Leticia Sales
Leticia Sales

Autor



Deixe um comentário

Os comentários serão aprovados antes de serem exibidos.